Foi revelado hoje durante a manhã a cidade que vai receber A 65.ª edição do Eurovision Song Contest em 2020. Roterdão foi a cidade escolhida pelo serviço público de televisão anfitrião (NOP/NOS/AVROTROS) em conjunto com a EBU e o grupo de referência do Eurovision Song Contest.

Tanto as semifinais como a grande final terão lugar na “Ahoy” Arena, nos dias 12, 14 e 16 de maio, respetivamente.

 

Roterdão foi a cidade escolhida depois de uma competição renhida com Maastricht e outras três cidades holandesas.

 

Roterdão mostrou um enorme entusiasmo e compromisso com o tema e tens as infraestrutuas necessárias para receber as delegações de mais de 40 países no próximo mês de maio. Ansiamos por trabalho com Roterdão em conjunto com NPO, NOS e AVROTROS num incrível e moderno Eurovision Song Contest numa grande cidade, no próximo ano, comentou Jon Ola Sand, o Supervisor Executivo da EBU.

 

A Ahoy Arena foi – tal como a nossa Altice Arena – inspirada num barco. O design da arena bebeu da história da cidade de Roterdão enquanto maior cidade portuária da Europa e ganhou vários prémios nacionais e internacionais. Cerca de 469 milhões de toneladas de bens foram transferidos nesta cidade em 2018. De um ponto de vista logístico, o porto é de extrema importância no que toca a importações e exportações de bens para a Europa, favorecendo chamarem-lhe Europoort.

Roterdão fica localizado em South Holland, a região mais multicultural dos Países Baixos. Só esta cidade alberga 174 nacionalidades. Apesar do centro da cidade ter sido destruído em 1940, pode ser vista uma diversidade arquitetónica ímpar, que inclui novos projetos que se desenvolvem mesmo ao lado de edifícios dos 60’s, 70’s e 80’s.