Estreia: Domingo, 30 de Junho às 19:15, na RTP2

Série nórdica baseada em factos reais sobre a primeira turma mista de alunos de enfermagem na Dinamarca do pós-guerra

 

Série dinamarquesa, baseada em factos reais, conta a história de dois jovens estudantes de enfermagem, Erik e Anna, e da primeira turma mista de alunos de enfermagem na Dinamarca do pós-guerra. Uma luta pelo direito à escolha e contra os papéis de género estereotipados.

Em 1952, a Dinamarca debate-se com uma grave falta de enfermeiras. No Hospital Fredenslund, começa uma experiência controversa. Pela primeira vez são admitidos alunos do sexo masculino no programa de enfermagem. À última hora, Erik (Morten Hee Andersen), um jovem soldado, consegue ainda matricular-se e instala-se na escola juntamente com os outros estudantes. Entre os alunos, Anna (Molly Blixt Egelind), uma rapariga da classe alta, capta a sua atenção. Mas nem todos são a favor desta abordagem moderna de treinar enfermeiros do sexo masculino. O médico chefe e a enfermeira chefe são ambos da velha escola e fazem a vida miserável aos estudantes.

Erik, Anna e os outros alunos querem marcar a diferença e lutam contra as regras rígidas do hospital, os preconceitos e as convenções antiquadas. Mas as adversidades acabam por fortalecer as relações, à medida que amizades se forjam e sentimentos calorosos começam a florescer. Nas raras noites de folga, os estudantes dançam no clube de jazz local ou encontram-se em festas secretas no dormitório.

Entre a vida e a morte, a amizade e o amor, os alunos enfrentam um ensino exigente, exames difíceis, regras rígidas e convenções ultrapassadas numa luta pelo direito à escolha e contra os papéis de género estereotipados.

 

 

No primeiro episódio:

Estamos em 1952 e a Dinamarca precisa urgentemente de enfermeiras. No Hospital Fredenslund começou-se uma controversa experiência: pela primeira vez na história, o hospital receberá homens como estudantes de enfermagem. Cinco homens são escolhidos a dedo para a experiência, no entanto Erik, um jovem soldado, convence a o hospital a aceitá-lo no programa e é instalado na escola com o resto dos alunos. Para a escola, vindas do interior, são igualmente admitidas Susanne e a abastada Anna. A escola tem regras muito rígidas e espera-se que os alunos se apliquem nos estudos desde o início. Erik está esforça-se para corresponder às expectativas, mas ele não tem poder monetário para comprar os livros e, para além disso, distrai-se quando um paciente precisa da sua ajuda.

Ficha Técnica

Título Original

Sygeplejeskolen

Autoria

Claudia Boderke e Lars Mering

Intérpretes

Morten Hee Andersen, Molly Egelind, Asta Kamma August, Jesper Groth, Jens Jorn Spottag, Katrine Greis-Rosenthal, Anette Stovelbaek, Benedikte Hansen, Thue Ersted Rasmussen, Mikkel Becker Hilgart, Anna Stokholm e Ulla Vejby

Realização

Roni Ezra

Fotografia

Jan Pallesen

Música

Mikkel Maltha

Produção

Senia Dremstrup | SF Studios

Ano

2018

Duração

40' | 6 episódios

Relacionados