Nesta primeira semana, o desafio de molde foi um clássico: uma saia lápis. Em apenas três horas, os costureiros amadores tiveram de confecionar uma saia lápis irrepreensível, seguindo o molde que tinham nas mesas de costura.

»» Imprima AQUI o molde da saia lápis ««

A Sílvia, a Joana e o Luís foram os três melhores costureiros e receberam um alfinete dourado. Passaram diretamente para a segunda semana de competição sem ter de completar o segundo desafio.

Mohammad e Aline tiveram uma prestação mais fraca, porque não seguiram as instruções de molde. Também a Jennifer, a Vivianne e o Mário não conseguiram terminar a saia. 

»» Veja AQUI a avaliação das saias lápis ««

No segundo desafio, os costureiros tiveram de transformar t-shirts velhas numa nova peça, e tinham apenas duas horas para o fazer.

Deveriam usar a base, mas os jurados não poderiam reconhecer a peça antiga. A criatividade foi o ponto de partida para esta prova mas, para os jurados, a técnica não podia ficar atrás.

O Ricardo, a Ana e a Rute conseguiram destacar-se no segundo desafio.

»» Veja AQUI a avaliação da prova de transformação ««

A Rafa a não esteve à altura de nenhuma das provas e foi a primeira a abandonar o atelier desta segunda edição do Cosido à Mão.