Chef Kiko

O Chef Kiko Martins nasceu no Rio de Janeiro, em 1979. Em 1990 vem para Portugal com a família, frequentando em Lisboa o ensino secundário. Em 2003 licencia-se em Gestão de Marketing, apesar de saber que o seu futuro passava pela cozinha.

No ano seguinte, em 2004, parte para Paris onde frequenta, durante 1 ano, a Escola de Cozinha Cordon Bleu. Quando terminou a sua formação, passou por alguns restaurantes de alta cozinha como Ledoyen, AM Le Bistro e The Fat Duck. Em Lisboa, trabalhou no Eleven.

Em 2006 abre o seu primeiro restaurante, Masstige, em Lisboa.

Manteve-se por Portugal até 2009, altura em que decide partir em voluntariado durante um ano para Moçambique, juntamente com a mulher, Maria. Ao viver de perto a importância da alimentação e da mesa, num país onde há tão pouco, planeia uma volta ao mundo gastronómica para estar com famílias, em família, e perceber o papel da mesa na transmissão de valores e tradições.

Assim, em Janeiro de 2010, parte em busca do mundo, num projecto a que deu o nome de Eat the World (www.eatheworld.com). Em meados de 2011 volta a casa, depois de ter estado em mais de 26 países, nos quatro cantos do mundo, com vontade de se ligar a um espaço único. Decide dar uma nova cara ao conceito do talho e apostar num dos ingredientes que mais aparece na mesa dos portugueses: a carne.

É assim que, em finais de 2012, nasce o seu novo conceito: O Talho Parte & Reparte. Um espaço único, exclusivamente dedicado ao conhecimento e aperfeiçoamento gastronómico da carne. Um talho com uma cozinha.

Em 2014, Kiko decide dedicar-se ao peixe, em versão cevicheria.

E, tal como o Talho não é um apenas um restaurante de carne, também a Cevicheria de Kiko Martins, em Lisboa, não é uma cevicheria clássica, nem o centro de gravidade assenta apenas em torno do Peru.