Temas

José Cid e Nuno Markl estão a ser alvo da ira dos transmontanos

A polémica deve-se a uma entrevista dada por Cid ao radialista ao Canal Q há 5 anos. Markl só se riu.

“Vêm excursões [de Trás-os-Montes] de pessoas que nunca viram o mar, para o Pavilhão Atlântico. Pessoas assim medonhas, desdentadas… e efetivamente isso não é Portugal”. Foram estas as palavras proferidas por José Cid numa entrevista que concedeu ao Canal Q e a Nuno Markl há cinco anos.
O momento foi reposto este fim de semana e partilhado através de um perfil pessoal de um transmontano que se sentiu pessoalmente ofendido pelas palavras do cantor.

 

A página de Facebook de Nuno Markl foi imediatamente inundada de comentários contra o humorista, que é acusado de não ter travado a entrevista e os comentários maldosos de José Cid e que, em vez disso, se riu. O radialista usou o tempo de antena da rubrica “O Homem que Mordeu o Cão” que tem na Rádio Comercial para explicar aos transmontanos que não tem nada contra as pessoas desta região ou de Trás-os-Montes e que tem estado sujeito a algumas ameaças que não são mais do que “fúria pronta-a-comer”, tão comum nas redes sociais.

Mesmo depois do pedido de desculpas, Nuno Markl continuou a receber ameaças:

De acordo com algumas notícias, José Cid também partilhou um pedido de desculpas antes de encerrar a sua página de Facebook:

“Queridos amigos e amigas transmontanos: não é de todo minha intenção ofender o povo de trás-os-montes que adoro mas sim uma certa musica de mau gosto pimba que vem vem do norte quando a boa musica de trás-os-montes não se ouve! Uma muralha para a má musica mas nada de confundir com o povo transmontano que adoro ! Isso nunca. Aliaz o meu melhor musico Amadeu Magalhaes é trasmontano e o trato com o maior respeito e amizade! Peço humildemente desculpa mas não confundir o povo com musica! Desculpa”, escreveu o cantor.

Outras notícias avançam que José Cid viu já um dos seus concertos marcados para a zona de Trás-os-montes ser cancelado pela Câmara Municipal de Alfândega da Fé. O Diário de Trás-os-Montes recolheu inclusive declarações da Presidente da Câmara, Berta Nunes, que espera um bom pedido de desculpas de José Cid:
“A partir do momento que temos conhecimento do que ele disse, não podemos de forma nenhuma ser coniventes e aceitar que ele viesse à Festa da Cereja. E nem sei se o pedido de desculpas irá resolver o assunto”, acrescentou.

Buzz do momento