Temas

Facebook lança plataforma de compras e vendas – Marketplace

O Facebook está definitivamente a querer tornar-se indispensável nas nossas vidas.


A maior rede social do mundo está empenhada em substituir (ou comprar) uma série de outras plataformas que já usamos regularmente.

Na segunda-feira, o Facebook assumiu-se como uma nova plataforma de compra e venda de itens entre os seus utilizadores. (Sim, OLX, é melhor prestares atenção) e deu-lhe o nome de Marketplace.
Há algumas restrições que impedem o comércio de bebidas alcoólicas, tabaco, drogas ilícitas ou recreativas, animais, armas, munições ou explosivos, itens de saúde para adultos ou brinquedos sexuais.

pdp_us

Marketplace opens with photos of items that people near you have listed for sale. To find something specific, search at the top and filter your results by location, category or price. You can also browse what’s available in a variety of categories such as Household, Electronics and Apparel. Use the built-in location tool to adjust the region you’re looking in, or switch to a different city altogether.

No mesmo dia foram postos à venda cães, porcos-espinhos, armas, beijos, gestos obscenos, haxixe e favores sexuais. Possivelmente um algoritmo que o Facebook se esqueceu de aplicar no arranque. A situação, de acordo com alguns sites, já foi resolvida.

De momento, o Marketplace está disponível nas apps mobile do Facebook apenas nos EUA, Austrália, Reino Unido e Nova Zelândia e prevê negócios feitos ao nível da comunidade mais próxima – um pouco como já acontece com alguns grupos de Facebook. Diz a marca que são já 450 milhões de pessoas que vão fazendo estas transações diariamente.

O Facebook está definitivamente a querer tornar-se indispensável nas nossas vidas.

Senão vejamos: no Instagram notámos as modificações quando as publicações dos nossos amigos passaram a ser alinhadas por relevância ou começámos a ver cair no nosso feed publicações patrocinadas; depois adicionaram a hipótese de Stories, que não é mais do que uma adaptação do já popular Snapchat. Isto para além dos bots introduzidos no Messenger.

Qual será o próximo passo da maior rede social do mundo?

Buzz do momento