Temas

Apple lança anúncio do Dia da Mãe e exclui casal de lésbicas

Duas versões do mesmo vídeo serão emitidas em países diferentes.

A Apple lançou ontem um anúncio de 30 segundos para celebrar o Dia da Mãe. O vídeo foi elaborado a partir de fotografias de utilizadoras, tiradas com o iPhone e cedidas à gigante tecnológica com este propósito.

A polémica em torno do anúncio deve-se às duas versões do mesmo vídeo que foram enviadas para emissão em países diferentes.

casalgay

No Canadá, Estados Unidos da América, Austrália e México o anúncio inclui a foto de um casal de lésbicas norte-americano muito conhecido nas redes sociais – juntas, as Vanessa e Melanie Roy têm mais de 200 mil seguidores no Instagram – e donas de um blogue onde partilham momentos da família de quatro, cujas crianças (Ero Kix e Jax Izzo) geraram de forma biológica.

Por outro lado, na Dinamarca, Alemanha, Itália, França, Turquia, Colômbia, Japão e Coreia do Sul o mesmo anúncio inclui apenas a foto de Melanie com Ero Kix, excluindo a outra mãe e a menina Jax Izzo.

A opção da Apple é tanto mais estranha quanto se pensarmos que na Dinamarca, França, Colômbia o casamento gay é aprovado, enquanto na Alemanha e Itália reconhecem a união civil por pessoas do mesmo sexo.

De recordar que o próprio CEO da Apple, Tim Cook, se assumiu como homossexual em 2014 e terá mesmo dito que “ser gay foi um dos maiores presentes que Deus me deu”.

As intenções da Apple em relação à distribuição do anúncio continuam por confirmar.

RELACIONADOS:
Empresa russa desmantela escultura de iPhone porque Tim Cook é gay

Buzz do momento