Temas

Autor garante que o Alentejo é a terra da desconfiança

Henrique Raposo diz que “o alentejano vê o suicídio como um fenómeno natural” e que as alentejanas toleram as violações.

Henrique Raposo escreveu um livro sobre o Alentejo, mas a polémica começa logo na entrevista que deu a Pedro Boucherie na SIC Radical.

 

#irritações”Alentejo Prometido”, o livro de Henrique Raposo que fala do Alentejo do suicídio e da desconfiança.http://bit.ly/1Qotzs3

Posted by SIC Radical on Monday, 22 February 2016

 

O autor quis ir à procura das suas raízes alentejanas mas acabou por escrever sobre as características irrevogáveis que encontrou entre os alentejanos, entre as quais destaca:

– “As alentejanas antigas nem sequer tinham a palavra violação para descreveram os abusos de que sofriam.”
– “Os meus avôs não tinham carinho pelos filhos porque não tinham uma palavra que afunilasse o carinho em criança. Não havia o conceito de criança.”
– “Para um alentejano o suicídio é como se fosse um fenómeno natural. Tu não contestas moralmente um terramoto. Ele acontece, é chato, mas acontece. O alentejano vê o suicídio como um fenómeno natural.”
– “Os laços de comunidade são fortes no norte e são fraquíssimos no sul. Tem a ver com a história de violência… No Alentejo é particularmente marcada.”
– “Há uma cultura de pré-guerra.”

Nas redes sociais, os alentejanos não gostaram das afirmações acerca do que a comunidade representa no conceito geral de portugueses e estão a partilhar o vídeo em força com comentários depreciativos sobre Henrique Raposo e promovendo um boicote ao livro.

 

Já vi o vídeo da maior polémica do momento.É sobre o Orçamento do Estado? Não.É sobre o perigo do Donald Trump ganhar…

Posted by Sensivelmente Idiota on Wednesday, 24 February 2016

 

Está já online inclusive uma petição contra o destaque dado aos textos de Henrique Raposo no Expresso.

O lançamento do livro “Alentejo Prometido” está marcado para dia 8 de março e tem direito a comes e bebes do Alentejo.

HenriqueRaposo_lancamento

Buzz do momento