Temas

Starbucks é acusada de ter acabado com o Natal (mas a Web veio em seu auxílio)

Tudo porque decidiu pintar os copos de vermelho e não incluir desenhos ou dizeres festivos.

De vez em quando a Starbucks é tema para novas polémicas nas redes sociais, reunindo em torno da marca apoiantes e opositores. Agora que se aproxima o Natal, há novo caso para comentar que, não sendo propriamente grave, está a tornar-se viral.

Todos os anos durante a época natalícia, a Starbucks costumiza os seus copos de papel com desenhos e dizeres alusivos à época. O momento é tão esperado que existe mesmo um site que faz a contagem decrescente para o lançamento destes copos temáticos.

 

No início do mês, Joshua Feuerstein, ex-evangelista na rádio e televisão americana, publicou um vídeo no seu Facebook e Twitter em que acusava a marca de se ter descolado do Natal ao pintar os seus copos apenas de vermelho. Daí, incentivou todos os seus fãs a dizerem aos funcionários do Starbucks que se chamam Merry Christmas para que o suposto ‘nome’ se tornasse na decoração em falta – as fotos deviam ser partilhadas com a hashtag #‎MerryChristmasStarbucks‬

Starbucks REMOVED CHRISTMAS from their cups because they hate Jesus … SO I PRANKED THEM … and they HATE IT!!!! #shareUse #MERRYCHRISTMASSTARBUCKSFollow –> Joshua Feuerstein

Posted by Joshua Feuerstein on Thursday, 5 November 2015

 
 
 

De facto, o evangelista acusa a Starbucks de odiar Jesus e a religião ao não incluir qualquer referência à época nos seus copos. O que levanta a questão: o que é que flocos de neve, renas e outros motivos que tais em copos de papel têm a ver com a religião católica?

A marca no entanto explicou em comunicado que a sua intenção era oferecer uma “tela em branco” que os clientes poderiam preencher como quisessem, em vez de lhes dar os desenhos a que já estão habituados.

Donald Trump não aceitou as justificações da marca em relação a esta mudança (de crucial importância no que ao produto diz respeito #irony) e apelou ao boicote à marca. “Se eu for eleito presidente, o Merry Christmas vai voltar aos copos!”

Obviamente que o assunto é demasiado leve para que passe ao lados dos internautas. Os fãs da Starbucks começaram imediatamente a partilhar contra-comentários com a hashtag #ItsJustaCup no Twitter.

 

Até Ellen DeGeneres falou sobre o assunto no The Ellen Show num formato cómico (como é seu apanágio).

Que importa se o mundo está cheio de assuntos mais importantes que precisam tão mais da nossa indignação?

Buzz do momento