Destaques

15 novos nomes para ver no Tremor em São Miguel

O festival Tremor volta abalar a ilha de São Miguel, nos Açores, entre os dias 20 e 24 de Março de 2018.

Do regresso dos Três Tristes Tigres às estreias de Snapped Ankles, Zulu Zulu e Tír na Gnod, dos açorianos Goldshake, Fugitivo e DJ Milhafre aos primeiros nomes de clubbing, são 15 as novidades anunciadas hoje para esta 5.ª edição do festival.

Da intemporalidade à atualidade da música nacional, Bleid, produtora lisboeta que, aos 23 anos, é um dos mais interessantes nomes da nova geração da música electrónica. Dos novos nomes para o Tremor, juntam-se ainda a Sumba de Tó Trips e João Doce, o transe cinético de melodias texturadas e abstractas de Paisiel, o saxofone digressivo de Julius Gabriel, a graça e virtuosismo da viola d’arco de José Valente, e a aposta contínua do Tremor na emergência do hip hop açoriano com Fugitivo e Goldshake. Já a festa fica assegurada por La Flama Blanca, D. WattsRiot, Victor Torpedo Karaoke e DJ Milhafre.

Para a 5.ª edição do Tremor estavam já confirmados Boogarins, Mdou Moctar, The Mauskovic Dance Band, Ermo e Voyagers, Dead ComboAltın GünLone TaxidermistThe Parkinsons, We Sea, Mykki Blanco, Mal Devisa, Aïsha Devi, Miss Red e Baby Dee.

festival antecipa mais um ano de surpreendentes experiências musicais no centro do Atlântico, com um cartaz que voltará a desenhar uma programação interdisciplinar de concertos surpresa em locais inesperados da ilha, espectáculos e interacções na paisagem, laboratórios, pensamento e reflexão, arte nas ruas e residências artísticas.

Os bilhetes estão à venda na bilheteira online e nos locais habituais por 35 euros.

Tremor é uma co-produção da Lovers & LollypopsYuzin e António Pedro Lopes. Em breve serão anunciados mais nomes e outros detalhes sobre a programação final do Tremor 2018.