Agenda

Batida: “Alojamento Artístico Local”

Batida apresenta musical “IKOQWE” inserido no “Alojamento Artístico Local” na Casa Independente, em Lisboa, durante o mês de fevereiro.

Pedro Coquenão, que tem criado e desenvolvido trabalho na área da música, rádio, dança, artes visuais e plásticas sob o nome Batida, vai pela primeira vez expor cada uma delas num só espaço e durante um mês: a Casa Independente, em Lisboa.

O “Alojamento Artístico Local”, que foi trabalhado ao longo de 2019, abre ao público de 4 a 29 de fevereiro e pretende proporcionar a experiência de viver num “Alojamento Artístico Local”, apreciar a exposição “Neon Colonialismo”, com peças próprias e outras escolhidas a dedo pelo artista, ouvir ou sintonizar 88.4FM para escutar a emissão da “Rádio Normal”, assistir de perto ao desenvolvimento e apresentação do Musical “IKOQWE” ou apenas dançar. O objectivo principal é o de quebrar barreiras e baralhar a distinção entre espaço formal e informal.

Sobre o musical “IKOQWE”

Dois (?) seres vindos de um tempo e espaço não muito distantes, imunes a quase tudo, queimaram-se física e mentalmente ao contatarem com a normalidade vigente. Das conversas entre os dois personagens – Iko (Ikonoklasta aka Luaty Beirão) e Coqwe (Pedro Coquenão) – sobre temas essenciais como a água, a mobilidade, a equidade ou a sanidade
mental, ao acesso a bobines com gravações de campo feitas por Hugh Tracey nos anos 20 no interior de Angola, viagens temporais e a insistência no uso de Drum Machines dos anos 80, serão criadas músicas e exibido um musical na Casa Independente todas as Sextas e Sábados às 23h. As músicas serão depois lançadas mensalmente, a partir de março, pela Britânica Beating Heart.

Sobre a Exposição: “Neon Colonialismo”

“A exposição Neon Colonialismo dá voz ao diálogo entre peças criadas pelo próprio artista” e obras escolhidas a dedo por Coquenão do acervo do Museu de Lisboa. Entre cerca de duas dezenas de obras, podemos encontrar a maquete original do Padrão dos Descobrimentos (escultura do mestre Leopoldo de Almeida), aguarelas de António Costa Pinheiro e uma pintura a óleo encomendada a Lorenzo Degl’Innocenti. Com curadoria e Instalação Sonora de Pedro Coquenão, a exposição será distribuída pela Galeria da Junta de Freguesia de Arroios e por toda a Casa Independente.

Sobre a Rádio: Normal 88.4FM

Tem o propósito de ocupar artisticamente o ar deste AAL. Nele, o artista procura oferecer uma rádio fiel ao seu nome: o mais normal que conseguir ser. Musicalmente, inclui experiências, maquetes e influências que completam os espaços entre restantes peças. O público alvo, são todas as pessoas que visitem a Casa Independente durante o mês de fevereiro, bem como todas as outras que consigam sintonizar 88.4FM num raio estimado de um quarteirão. em redor deste Alojamento Artístico Local.

Informações adicionais:

Entrada gratuita na Casa Independente
3ªf a 5ªf das 17h00 às 00h

Entrada gratuita na Sala-Galeria da Junta de Freguesia de Arroios
2ªf a 6ªf das 9h30 às 18h00 | Sábado e Domingo: 14H30 às 19H

Musical IKOQWE
6ªfs e Sábados • 23H • 7€
(sujeito à lotação da sala)